Sobre Lapa

O Lapa Multshow foi inaugurado em 05 de março de 1999 com o objetivo de ser uma casa de shows e espetáculos, onde as diversidades artísticas e culturais fossem valorizadas, abrigando as inúmeras tendências estéticas e musicais. Este diferencial acabou sendo a receita para sua consolidação.

Agora, já com 7 anos de existência e após uma vasta agenda de eventos, projetos e shows realizados, podemos afirmar que continuaremos buscando nosso objetivo maior que é manter a cultura como atividade fim do prédio que ocupamos, que, desde a sua construção, foi vocacionado para a mesma, com a inauguração do antigo Cinema Santa Efigênia, em agosto de 1945.

Desativado o cinema, o edifício foi de tudo um pouco. De depósito a sacolão. Hoje, Centro Cultural Lapa Multshow. Pensamos que desta forma estamos contribuindo para o desenvolvimento sócio-econômico e cultural da cidade; além de recuperarmos e mantermos um pequeno e importante pedaço da história-memória de Belo Horizonte, que viveu nas últimas décadas, uma sistemática dilapidação de seu Patrimônio Cultural e Arquitetônico.

Rock, Reggae, Samba de Raiz, Forró, MPB e Samba Rock. Muitos shows e eventos de arte integrada. Gente de todas as raças e credos. Um público fiel para quase todos os ritmos.

Abriga ainda, além de suas próprias produções, parcerias e eventos de muitos outros produtores da cidade e do Brasil.

Com capacidade e infra-estrutura para 1500 pessoas, o Lapa – como é carinhosamente chamado por todos – possui 1 camarote e um amplo salão inferior.

Para conforto dos artistas, existem 2 camarins devidamente equipados, com possibilidade de serem ampliados, de forma a comportar mais bandas ou artistas.

O palco, adaptado como palco de teatro – utilizando sistema de varas, possui 16 metros de largura – com 12 X 8 metros de boca de cena e 6 metros de profundidade.

Nossa técnica, incluindo sonorização e iluminação, podem ser adequadas a qualquer evento com público previsto para a capacidade da casa.

Versátil e inovador sob todos os aspectos, o Lapa é hoje um dos maiores expoentes culturais de Belo Horizonte e Minas Gerais.